Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - Regional São Paulo

Regional São Paulo fecha parceria com empresa para termo de consentimento eletrônico

Quando paciente e cirurgião plástico se encontram na primeira consulta, começa a jornada por um objetivo comum, o de realizar uma cirurgia plástica de sucesso. Enquanto o paciente apresenta seus desejos e necessidades, o cirurgião plástico analisa a viabilidade dos procedimentos, considerando possíveis riscos, as expectativas do paciente, a sua saúde global e outros fatores. Cada um tem a sua perspectiva e assume um papel nesse diálogo, o que requer uma comunicação clara, objetiva, transparente e esclarecedora.

Contudo, não é raro ouvir colegas de especialidade compartilharem experiências de momentos mais delicados com pacientes, quando surge uma queloide inesperada ou alguma inflamação que prolonga a recuperação e retomada das atividades cotidianas.

“Por mais que o termo de consentimento seja juridicamente correto e abrangente, o paciente pode não compreendê-lo corretamente. Mesmo quando o cirurgião plástico dedica muito tempo de suas consultas para explicar as questões envolvidas na cirurgia, existe o fator emocional do paciente. Ele está tão focado na busca pelo resultado, que não dá a atenção devida”, conta o Dr. Mario Warde, cirurgião plástico, perito médico judicial e CEO da empresa Go2Doc.

Para auxiliar o cirurgião plástico nessas relação médico-paciente e evitar possíveis desgastes com a judicialização da medicina, o especialista firmou uma parceria com a SBCP Regional São Paulo. Os associados terão desconto de 15% na contratação do produto oferecido por sua empresa. “É um termo de consentimento animado”, resume o especialista.

Animações e linguagem clara

 

Tratam-se de animações que esclarecem, com clareza e de forma muito visual, as questões ligadas aos procedimentos cirúrgicos, como lipoaspiração, prótese de mama e outros. “A animação explica possíveis intercorrências, facilitando a compreensão do paciente”, conta.

A animação explica possíveis intercorrências

Facilita a compreensão do paciente

O produto tem efeito jurídico, gera um contrato assinado durante a consulta médica e, no decorrer do vídeo, o paciente pode apontar a necessidade de falar com o cirurgião plástico para esclarecer dúvidas mais detalhadamente.

Veja mais no site da empresa: go2doc.com.br

JP na Web