Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - Regional São Paulo

Regional São Paulo completa 55 anos

A Regional São Paulo da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica está completando 55 anos nesta sexta-feira, 19 de fevereiro. São mais de cinco décadas promovendo o aprimoramento científico e a defesa da especialidade. Em todos esses anos, aprendemos que é preciso discutir, refletir, se atualizar constantemente para acompanhar os avanços da ciência e da medicina, bem como compreender as mudanças da sociedade. Só assim podemos seguir com a mais importante missão de todo cirurgião plástico, a de oferecer as melhores alternativas terapêuticas ao paciente, com a devida segurança e eficácia.

Desde o ano passado, passamos a enfrentar um desafio único em nossa história. Com a pandemia da COVID-19, muitas clínicas particulares ficaram semanas (até meses) fechadas, enquanto os colegas especialistas uniam esforços para reorganizar serviços, em hospitais que se preparavam para os pacientes graves.

Vírus novo, doença nova e, como era de se esperar, todo um cenário de incertezas e questões a serem abordadas. Além dos aspectos diretamente ligados à pandemia, como a suspensão de eventos presenciais e atuação na linha de frente contra a COVID, havia (e ainda existem) muitos impactos indiretos. Como garantir o aprendizado adequado dos residentes? Como dar continuidade às atualizações na especialidade? Como realizar eventos atraentes e relevantes à distância? Como sobreviver profissionalmente com clínicas e consultórios fechados?

A Regional São Paulo assumiu o seu compromisso de buscar respostas, em discussões que estavam sendo conduzidas mundo afora. Entrevistamos dezenas de especialistas que atuavam diretamente no combate à pandemia; realizamos eventos virtuais e aperfeiçoamos os modelos e tecnologias utilizadas; discutimos com residentes e chefes de serviços as melhores soluções para os jovens especialistas; trouxemos (virtualmente) cirurgiões plásticos renomados para os nossos eventos e debatemos com eles as soluções adotadas em outros países contra a pandemia, para que a especialidade seguisse forte e relevante, frente aos desafios do momento.

Ainda existe uma longa caminhada, repleta de obstáculos e desafios, até que a pandemia chegue ao fim. Enquanto isso, estamos trabalhando para que os nossos colegas, dos mais jovens aos mais experientes, possam seguir praticando a cirurgia plástica de alto nível, que sempre fez do Brasil um país em evidência nessa área.

Há muito para se comemorar. A história da cirurgia plástica brasileira é motivo de orgulho para todo especialista, pelas conquistas já realizadas e pelas muitas que ainda irão acontecer. A Regional São Paulo, com suas lideranças e todos que contribuem para os avanços conjuntos na especialidade, reforça o seu compromisso com o diálogo, a qualificação e a defesa do cirurgião plástico, para que possamos seguir como protagonistas da saúde.

 

Dr. Felipe Coutinho
Presidente da SBCP-SP

JP na Web