Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - Regional São Paulo

Estudo investiga segurança e eficácia do enxerto de gordura em lifting facial

O lifting facial tem sido amplamente associado ao enxerto de gordura. Neste artigo, recentemente publicado no periódico Aesthetic Surgery Journal, os autores averiguaram as taxas de eficácia e complicação do lifting facial, combinado com enxerto de gordura, comparado com o lifting facial isolado.

Entre um total de 301 estudos potencialmente elegíveis a partir de uma revisão sistemática realizada nas bases de dados MEDLINE e Cochrane Library, 15 estudos (09 retrospectivos, 05 prospectivos e 01 comparativo), envolvendo 1.116 pacientes (predominantemente do sexo feminino, com idades entre 45 e 65 anos; tempo médio de acompanhamento de 03 meses a 61 meses), foram finalmente incluídos e selecionados para análise.

Múltiplas técnicas de facelift foram combinadas com o enxerto de gordura. Os locais mais comuns de enxerto de gordura foram os sulcos nasolabiais, tear troughs, regiões temporais, malar, linha da marionete, lábios e lóbulos das orelhas. A adição de enxerto de gordura ao facelift resultou em uma melhora significativa no volume facial e nas avaliações estéticas.

Os autores concluíram que o lifting facial combinado com enxerto de gordura é um meio seguro e eficaz para lidar simultaneamente com ptose tecidual e perda volumétrica relacionados à idade. Pesquisas adicionais são necessárias para validar e melhorar as modalidades de tratamento existentes.

 

Leia o estudo completo aqui:
https://academic.oup.com/asj/article-abstract/doi/10.1093/asj/sjz353/5648084?redirectedFrom=fulltext

JP na Web